Como Começar a Criar seus Desenhos ( e parar de Copiar )

Uma das principais frustrações de quem está começando a desenhar é: "Só consigo copiar. Não consigo criar".

As pessoas geralmente querem criar seus personagens e cenários para contar uma história.
Talvez criar um livro, uma história em quadrinhos, etc...

Mas sempre travam nessa limitação: Só conseguem copiar desenhos com poses prontas.

Eu sei o quanto isso é frustrante. Já vivi isso na pele.

Normalmente a gente pensa: Se eu estudar anatomia humana vou conseguir desenhar meu personagem em qualquer pose.

E até vai... novas poses decoradas. Copiadas do livro.

E pode chegar um ponto que em que você já até pensa em desistir de criar.

Acha que não consegue mesmo.

Mas deixa eu te ajudar nisso.

Só existe um jeito de sair da cópia e passar para a criação. E isso se chama: "Repertório Gráfico com Interpretação Visual".
O nome parece complicado, mas é um conceito simples. Explico:

Quanto mais diversificado forem os temas que você desenhar, maior seu repertório gráfico. Mais coisas você sabe desenhar.

Você pode pensar: "Então vou copiar uma tonelada de desenhos até ter um repertório gráfico vasto para aí conseguir criar."

Calma.

Não funciona assim.

Se você copiar milhares de desenhos, você terá apenas um vasto um repertório de cópias sem unidade gráfica.

Pois é cópia da interpretação de outros artistas.

  • Você precisa de "Repertório Gráfico" mas... com "Interpretação Visual" própria das coisas.
  • E a única maneira de conseguir isso é com o bom e velho: DESENHO DE OBSERVAÇÃO.

Já falei disso algumas vezes nos meus artigos.

Quando você para e observa pessoas, lugares, natureza e tenta passar para o papel, 2 coisas acontecem:

  • Você Cria Repertório Gráfico
  • Você desenvolve Interpretação Visual Própria: Afinal, uma coisa é copiar um desenho de uma árvore. Outra é ver uma árvore real na natureza e precisar decidir a direção de cada traço.

Se você praticar isso como hábito, em pouco tempo as portas da criação se abrem pra você.

Vira um vício. Copiar desenho dos outros perde a graça e você se sente livre pela capacidade de criação.

E mais... Mesmo se você já cria, o hábito da observação vai potencializar ainda mais seu traço e sofisticação do seu desenho.

Espero que essa dica te ajude.

Então aproveite que você leu esse artigo até aqui, e me responda:

Você já consegue criar ou está começando ainda, apenas copiando desenhos?
Pode escrever na área de comentários abaixo.

 


 

Dirceu Veiga

Oi, meu nome é Dirceu Veiga e eu trabalho como Ilustrador profissional há 20 anos e já realizei projetos em
32 países, incluindo Estados Unidos, Japão, Itália, Espanha, Reino Unido e Brasil.
Já desenhei de tudo, de ícones à desenhos animados para grandes e pequenas empresas.
No SóDesenhar.com eu divido um pouco da experiência que acumulei em todo esse tempo.


Vamos Conversar? 🙂 Comente Abaixo:

[gs-fb-comments]